As palavras de Perls resumem todo meu conhecimento em relação a conhecer pessoas. Se pararmos para pensar…nós somos seres sociais e tudo que levamos nessa vida são as experiencias com o mundo e as pessoas.

 “Eu sou eu, você é você.”

Eu tenho meus receios e medos e você também. Tenho minhas preferências de comida, de lugares pra ir, músicas e etc. e você as suas.

 “Não estou nesse mundo para satisfazer as suas expectativas e nem você às minhas.”

 É tão difícil pensar e agir assim. Pois essa frase, a princípio, parece grosseira e que vivemos independente do outro, que não precisamos outro. Mas, quando paro para refletir nos diversos contextos e situações, onde há conflito entre as pessoas e a falta de comunicação, fica claro a importância do entendimento dessa frase. Nenhum de nós é responsável pelas escolhas, decisões e buscas do outro.

“Se por acaso nos encontrarmos, será lindo.”

Poderá ter trocas de informações, de olhares, de tempestade de idéias e discussões. E isso é maravilhoso. Pois é justamente entrando em contato com o mundo e as pessoas que ganho conhecimento de vida e maturidade.

“Se não, nada nos resta fazer. Eu sou eu, você é você.”

Posso ficar recolhido em meu mundo e evitar uma possível experiência negativa ou posso me arriscar a conhecer pessoas e situações fantásticas. A decisão é minha.